Aspectos do portunhol na fronteira Brasil-Uruguai // Aspects of Portunhol in the border between Brazil and Uruguay

Isabella Mozzillo

Resumo


Na fronteira brasileiro–uruguaia, há diversas variedades
de contato juntamente com o português e o espanhol padrão e
popular. O portunhol, também chamado de dialetos portugueses
do Uruguai, é uma delas. Tal situação representa um caso de
bilinguismo com diglossia. O Uruguai e o Brasil têm políticas
linguísticas historicamente dirigidas para o monolinguismo nas
línguas oficiais, respectivamente, o espanhol e o português.
Assim, sendo práticas essencialmente orais, tais variedades
híbridas são bastante raras na forma impressa. No presente
trabalho, através de um corpus de representação literária breve,
mostro que alguns elementos linguísticos provenientes dessas
variedades de contato possam ser produtos de code-mixing.
Esse fenômeno representa um momento intermediário dentro do
continuum que começa com o code-switching e origina a fusão
de letos, variedades mistas, um terceiro código estabilizado com
uma gramática misturada, de acordo com a classificação de Auer
(1999).


ABSTRACT: In the Brazilian–uruguayan border there are several
contact varieties along with standard and popular Portuguese
and Spanish. Portunhol, also called Uruguayan Portuguese
Dialects, is among them. This situation represents bilingualism
with diglossia. Uruguay and Brazil have language policies
historically directed to monolingualism with both national and
official languages. So, these are essentially oral practices which
means that such hybrid varieties are quite rare in printed form. In the present work, through a brief literary representation corpus,
I show some linguistic elements that come from these contact
varieties which I believe to be code-mixing products. This
phenomenon is an intermediate moment inside the continuum
that starts with code-switching and originates fused lects which
are mixed varieties, third codes stabilized with mixed grammar
according to Auer classification (1999).


Palavras-chave


Code-mixing; fronteira Brasil-Uruguai; variedades em contato; Brazilian-uruguayan border; contact varieties.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PAPIA

Revista Brasileira de Estudos do Contato Linguístico

e-ISSN: 2316-2767

ISSN: 0103-9415 (da versão impressa, descontinuada)

papia@usp.br

PAPIA é indexada no LATINDEX (http://www.latindex.unam.mx), no IBZ Online e na Linguistic Bibliography.